content» Curriculum» Português (Portuguese)[0]

Português (Portuguese)

Nasce em 1932, em Oeiras.

Interessando-se desde 1945 pelas artes visuais, começa a dedicar particular atenção à expressão fotográfica em 1952 e inicia a sua pratica mais dedicada a partir de 1955, como amador, nela reconhecendo o meio imagético  pelo qual se sente particularmente vocacionado.

Paralelamente à sua actividade profissional, realiza a partir de 1956 diversos trabalhos para uma editora discográfica, nomeadamente capas de discos de diversos escritores e artistas, nomeadamente David Mourão Ferreira, Sofia de Melo Breyner, Alexandre O´Neill, Alfredo Marceneiro, Maria Tereza de Noronha, Amália Rodrigues, etc, e,  de novo em 1967/68, Vinicius de Morais,  Mário Cesariny, Ramos Rosa, Herberto Helder, José Gomes Ferreira e artistas Paulo de Carvalho, Fausto, Filarmónica Fraude, entre outros.

Em 1960 participa num concurso internacional de fotografia a preto/branco da revista inglesa Photography, obtendo o 2º prémio.

Entre 1962 e 1966 é forçado a interromper a sua produção como fotógrafo amador em virtude do furto de todo o seu equipamento Leica.

E 1966 pode recomeçar em moldes mais sistemáticos, tendo em vista uma profissionalização exclusiva, situação esta que se concretiza em 1969.

A partir de 1970, paralelamente à sua actividade como fotógrafo profissional mais incidente no campo da fotografia comercial e documental, inicia um percurso de exploração da comunicação visual fotográfica sobre diversos temas e acontecimentos, como exigência de uma expressividade mais pessoal, sem outros propósitos que não constituíssem exclusivamente a necessidade da procura de uma visão através da qual se sentisse intimamente envolvido e identificado.

Em 1969 publica o livro “Fotos Grafias” juntamente com o poeta Ary dos Santos (Editorial Quadrante), o qual foi apreendido pela PIDE dias depois da sua apresentação publica, tendo recuperado a circulação livre a partir de Maio de 1974.

Em 1971 realiza um trabalho sobre o património cultural português na então colónia de São Tomé e Príncipe juntamente com o poeta Ruy Cinatti.

Em 1973 leva a cabo uma recolha fotográfica completa em Moçambique e Angola,  que percorre na sua maior parte e onde permanece 6 meses.

Entre 1975 e 1977 desempenha a actividade de reporter fotográfico no “Jornal Novo”. 

Paralelamente a diversos trabalhos no campo editorial, participou numa exposição de foto-jornalismo no Palácio Foz em Março de 1977.

Fica representado com 8 trabalhos na exposição itinerante Fotografia Portuguesa da Década de 70, patrocinada pela Direcção Geral da Acção Cultural (Secretaria de Estado da Cultura).

Do mesmo modo realiza  em  1978 e 1979 para a Secretaria de Estado da Cultura  dois trabalhos sobre as comemorações do 8º centenário dos Coutos de Alcobaça e toda a obra fotográfica para o livro comemorativo do 1º centenário do nascimento do poeta Teixeira de Pascoaes, obra esgotada em que é indevidamente omitida a sua autoria fotográfica exclusiva.

A partir de 1979 a sua actividade profissional é orientada sobretudo no campo editorial, realizando diversas encomendas de trabalhos para edições das Selecções do Reader´s Digest, Círculo de Leitores, Quetzal Editores, Editorial Verbo, Hugin Editores, entre outros.

Em 1991 colabora na obra “A Imagem das Palavras” editada pelo Comissariado Português para a Europália-91, com fotografias sobre a obra de Nuno Júdice.

Em 1996 edita o álbum “A Árvore”, com fotografias de sua autoria e desenhos de Rosa Ramos, com prefácio de Mestre Lima de Freitas e com textos de Lídia Jorge, Isabel Barreno,  Jorge Guimarães e Mário Cláudio.

-2-

 

 

Em 1999 edita o álbum bi-lingue “Bosques e Matas de Portugal”, com um texto de Lídia Jorge e estudo técnico de Pedro Castro Henriques.

Em 2000 realiza vasta colaboração para a obra bi-lingue “Florestas de Portugal”, editada pela Direcção Geral de Florestas.

Em 2004 colabora no álbum “21 Retratos do Porto Para o Século XXI”, edições ASA.

Está representado com diversas obras na Fundação Calouste Gulbenkian, Museu da Câmara Municipal de Évora e nas colecções da sociedade de advogados A.M.Pereira, Saragga Leal, Oliveira Martins. Júdice e Associados, para além de várias colecções particulares.

 

EXPOSIÇÕES INDIVIDUAIS

 

-“Além-Terra”: Fundação Calouste Gulbenkian, 1983.

-“Caminhos” e 1986.

-Em 1984 representa o nosso país na Bienal de São Paulo.

-“Alentejo”: Museu da cidade de Évora 1983 e 1985.

-“Caminhos”:-Cooperativa Árvore (Porto), 1986.

-“1900”:-Galeria Diferença, Lisboa 1991.

-“Preto-Branco”:Galeria Clube dos Cincoenta, Lisboa, 1992

-“Viagens”:Universidade de Trás-os-Montes e Alto-Douro, Vila Real, 1995

-Festival “Primavera Fotográfica”, Faro, 1995.

-“A Árvore”: -Galeria da Mitra, Lisboa, 1996, conjuntamente com desenhos de Rosa Ramos.

-“40+1”: -Sociedade Nacional de Belas-Artes, Lisboa, 2002. Exposição que faz itinerância na Câmara Municipals de Ferreira do Zézere, Centro da Barquinha e Câmara Municipal de Vila Real.

-“Viagem ao Sul”: -Museu de Estremoz, -Galeria Municipal de Montemor-o-Novo, 2003, Museu Jorge Vieira, Beja, 2004,

-Idem: Centro Cultural de Castro Verde, 2005.

-“Contemporaneidade”: -Centro Português de Fotografia (Porto), 2009.

-“Porto.Grafias”: -Casa do Infante (Porto), Junho/Setembro 2010.

 

EXPOSIÇÕES COLECTIVAS

 

-Foto-Jornalismo, Palácio Foz, Lisboa, 1977.

-Bienal de Cerveira, 1984

-Fotografia Portuguesa, Museu de Arte Moderna de São Paulo, 1984.

-Fotografia Portuguesa dos anos-70, que percorreu diversos paises de língua      portuguesa, organizada pela Secretaria de Estado da Cultura, 1984/85.

-Centro Cultural do Alto Minho, Viana do Castelo, 1986.

-Portugal e o Ambiente 1987/88

-Casa de Serralves, Foto-Porto 1988.

-Cooperativa Árvore, 1988.

-Bienal de Artes Plásticas da Cidade do Montijo, em 2002.